Se você está vivo no Brasil, está envolvido com a operação Lava Jato. Se existe algo hoje que suscita paixões é esse esforço da Polícia Federal e do Judiciário em promover uma luta contra a corrupção.

O “contra a corrupção” já inspira discussões. Um lado louva os policiais, juízes e ministros como os paladinos da justiça que estão limpando o país dessa corja centenária. Já o outro lado, julga que todos os níveis estão, eles mesmos, corrompidos e reproduzem a corrupção livrando uns e salvando outros. Para esses, ninguém da operação presta.

No meio estamos nós, os que não sabem direito o que pensar disso tudo.

Mas, não importando o lado que esteja, você deve conhecer seus vilões. Homens e mulheres absolutamente sem moral que solapam nosso país. Pessoas cuja existência parece ser cooperar para o mal no Brasil a perpetuar estruturas que sistematicamente abandonam pessoas na fome, miséria, falta de esgoto, violência, morte e preconceito. São os inimigos da Pátria.

Jesus encontrou um desses. Em cima de uma árvore.

A história de Zaqueu tem muito a nos ensinar. Um cafajeste de marca maior. O malandro por excelência! Toda sua riqueza foi construída em cima da opressão dos mais pobres, do roubo e da violência institucionalizada. Zaqueu era um “político” corrupto.

Mas um jantar mudou completamente sua história. Jesus Cristo invade a vida desse homem e promove salvação. No fim da refeição, Zaqueu agora é alguém que não mais vive usando os outros como degraus, mas reproduz o Reino repartindo seus bens e reparando o mal feito.

Minha pergunta para você é: em seu coração, existe salvação para os maus do Brasil? Será que Jesus continua sendo poderoso para salvar não só o assassino, a prostituta e o drogado, mas o mega-ladrão, o corrupto e o juiz vendido? Ainda há esperança pros “Zaqueus”?

Como cristãos temos de amar nossos inimigos. Esse amor se manifesta na crença que Cristo pode transformar esses homens e mulheres em nossos irmãos. A Lava-Jato pode nascer de novo! Afinal, Dimas, o primeiro vida louca da história (nas palavras dos Racionais), encontrou salvação aos 48 do segundo tempo numa cruz ao lado do Senhor.

Os culpados merecem ser julgados e condenados exemplarmente por seus crimes. Merecem pagar até o fim pelos seu mal feito. Porém, devem ser alvos do nosso amor. E como isso se concretiza? Na medida em que oramos para que a salvação que nos alcançou os alcance. Para que nasçam de novo e tenham uma vida completamente refeita para a glória de Deus!

Que privilégio seria estar à mesa do Senhor dividindo o cálice e o pão com Eduardo Cunha, Lula, Aécio Neves, Roberto Youssef, Michel Temer, Eduardo Alves, etc.

Oremos para que desse mar de maldade, vejamos Zaqueus. Mulheres e homens corruptos que encontraram um Jesus aberto ao recomeço e que tira gente da lama. Seja a lama “lá de baixo”, seja da “lá de cima”.

4 Comments

  1. S2
    Texto inspirador!
    Boa parte dos textos que li até hoje, escritos por cristãos abordando esse assunto, tentavam mostrar quem está certo: Sérgio Moro ou Lula? Ou tentavam mostrar se Jesus era mais de direita ou de esquerda pra convencer os cristãos que eles precisam ser mais de direita ou mais de esquerda.
    O Cristão tem que torcer para que a justiça seja feita sim, mas acima disso nosso anseio deve ser a propagação do nome de Cristo, e de que Seu nome seja exaltado em toda a Terra.
    Parabéns pelo texto!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bela reflexão, as vezes ne sinto como um peixe fora do aquário porque nao me vejo numa posição política ou ainda nao entendendo o porque de tanta grosserias e ofensas.
    Venha o teu reino Senhor, que os erros sejam corrigidos e os corações quebrantados, que o seu povo vença a batalha contra toda essa podridão!!!

    Curtir

Vem com a brasileiragem, comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.