Eu te entendo. Juro que te entendo! O dólar bateu R$4,00. Gilmar Mendes quebra recordes soltando gente safada. Temos uma presidente que sofreu impeachment, um ex preso, um atual que devia estar preso e um ex-ex que deve estar atolado até o pescoço em falcatrua. O preço das coisas está subindo, o desemprego também, o dinheiro diminuindo, a saúde piorando e a segurança morrendo.

Sei que isso é assim e me dói também. Talvez eu gaste até mais tempo do que devia pensando, sofrendo e orando pelo Brasil. Afinal, a gente tem um blog pra isso! Sonho em ver nossa nação restaurada, nosso povo feliz e prosperidade por todos os becos dessa terra linda!

Porém, queria te convidar a reexaminar sua raiva da Copa! Nos meus quase 30 anos, nunca ouvi tanto o “pão e circo”. Vídeo pra falar de Neymar versus educação e saúde não falta. Curtir de verdade a Copa parece ser o mesmo que assinar um atestado de alienação total. É ser inimigo na luta por uma nação melhor. Mas será mesmo?

O João falou muito bem texto passado sobre diversão. Copa é diversão, está no campo do entretenimento. É uma coisa que a gente faz pra se divertir. Portanto, a pergunta principal é: “existe uma relação direta entre engajamento politico e diversão”?

Acredito que as duas esferas não necessariamente se anulam. Elas podem coexistir! Falando em termos mais claros: é possível ter sensibilidade social e engajamento por um Brasil melhor e, ao mesmo tempo, se divertir. Nas mais variadas formas!

Existem várias facetas da Copa que vêm do próprio Deus. São dias em que um espírito de unidade afloram. Eu sou apaixonado por “Pra Frente Brasil”. Em 70, nossos pais cantaram que “de repente é aquela corrente pra frente / parece que todo Brasil deu a mão / todos ligados na mesma emoção / tudo é um só coração”. Ora, e não parece mesmo? Você já teve a experiência de abraçar um completo estranho na explosão de um gol?

Será que não estamos precisando de algo que nos una nesse momento tão fragmentado? Devia ser algo maior que a seleção? Claro que sim! Mas porque não aproveitar essa união mesmo que efêmera? Será que esse lampejo já não é uma bênção de Deus?

Quantos churrascos existirão? Quantas famílias estarão reunidas? Quanto tempo poderemos passar tomados pelo deleite de torcer? De ver seres humanos colocando em campo talentos dados por Deus? Deus é um Deus de festa!

Há coisas erradas na Copa? Mas claro que há! Qual o meio de diversão que é completamente livre de problemas deste lado da existência? Ou não há a parte suja da indústria de Hollywood? Mas sei que você é grato pelo Netflix porque a parte boa dele vem de Deus. Devemos agradecer a Deus a parte boa do Spotify e lamentar pelo pecado que ainda há na indústria da música. Não precisamos jogar tudo fora. Podemos reter o que é bom!

Meu convite é pra você não se privar da Copa unicamente por motivos políticos. Não é a Copa que vai mudar substancialmente a gente. Mesmo sem ser fanático por futebol, se a amarelinha em campo mexe contigo, vamos torcer juntos. Ninguém é militante o tempo todo!

Podemos aproveitar a Copa para a glória de Deus e sei que ele é honrado nisso!

PRA FRENTE BRASIL! SALVE A SELEÇÃO!

1 Comment

Vem com a brasileiragem, comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.