Falando muito sério, muito mesmo, você acredita que há esperança pro Brasil? Mas acredita de verdade? Que aqui pode ser um lugar diferente, com mais dignidade humana, prosperidade, saúde, harmonia e paz? Dia desses fiz uma enquete no Instagram para saber se meus amigos acreditavam nisso. Bem, não é difícil imaginar o resultado.

As eleições fazem aflorar as expectativas quanto ao futuro do país. Começa a briga pra ver quem conquista mais o coração do eleitor pintando uma nação linda a um voto de distância. Essa de agora parece evidenciar o abandono dessa esperança. Parece que o que se espera é escapar da disputa com o menos pior, o que vai aprofundar menos o caos, o que vai atrapalhar menos.

Fato é que, no geral, o brasileiro não tem muita aspiração. O sonho de ser o país do futuro morreu faz tempo. E se a gente der o desconto, dá para entender de onde isso vem. Nossa história é um ciclo sem fim de rupturas que prometem muito e entregam pouco. Importando modelos, reproduzimos a aparelhagem dos outros com um toque tupiniquim às transformações sociais e estruturais. Foi assim com o fim da colônia e proclamação da independência, com o surgimento da república, com o fim da ditadura Vargas e a redemocratização. Sempre esses “novos tempos” prometiam o paraíso. Nem precisamos dizer o que, de fato, aconteceu.

Então se há uma “síndrome de vira-lata” onde tudo que vem de fora é melhor, também há um pessimismo constante que atravessa todas as camadas que não a do topo. Tirando o grupo seletíssimo que consegue orientar as paixões para manter as mesmas estruturas de poder – e de lucro –, todo mundo tá meio aguardando o próximo 7 a 1. Se você não for o dono do Banco Itaú, deve entender bem. “O Brasil não tem mais jeito”. Essa é a máxima.

Há um porém! Nós somos cristãos. E agora? A despeito de compreender as razões e raízes, acho que não temos esse direito. Enquanto gente que crê, não compartilhamos nenhuma expectativa redentora ufanista que vai resolver tudo por aqui. Sabemos que nosso país sempre será marcado pela presença do mal e todas as suas consequências terríveis.

Por outro lado, somos igualmente proibidos de jogar a toalha. Não só na vida prática, mas também na disposição interna. Não podemos deixar de acreditar que há esperança para o Brasil!

Por que a esperança morreu para os demais? Todas as soluções se mostraram falhas. Nós porém trabalhamos com outra fonte dela: Deus continua poderoso! Continua, também, agindo no mundo e governando as nações!

É claro que Jesus não vai rasgar o céu com uma miríade de anjos para tomar Brasília de assalto e instaurar um novo reino. Mas os próprios mecanismos humanos falhos e imperfeitos que tanto odiamos podem se tornar sãos, redimidos e transformados pelo poder que emana do Cristo ressurreto, Senhor de todo o cosmos.

Por que não crer que ainda há esperança de melhora concreta e real? Será que Deus abandonou o Brasil?

Eu conheço todas as explicações de porque o Brasil não vai dar certo. Sinto na pele todo o peso de 500 anos de corrupção, individualismo, egoísmo, ambição desenfreada, desmandos, privilégios e estruturas desiguais.

Mas também conheço meu Senhor. E creio do fundo do coração que algo real, concreto e tangível pode acontecer aqui ainda.

Bem, pode parecer que creio sozinho. Pode parecer que somos meninos bobos que ainda acreditam em histórias antigas e que escrevem “textinhos”. Pode ser que nada, de fato, aconteça. Mas desconfio muito que há um monte de gente que ama nosso povo, ama essa terra e que acredita num poder que é muito maior do que imaginamos.

Que tal a gente se juntar?

 

3 Comments

  1. Pra mim o Brasil tem esperança sim. Mas a mudança tem que começar na educação das crianças (clichê, né?) não só na escola, mas dentro de casa. Isso do brasileiro ser malandro tem que acabar.
    Quando a gente chegar numa geração de maioria honesta, a política vai começar a mudar. Sem corrupção e com políticos realmente fazendo o melhor que podem para melhorar o país, aí sim o Brasil vai ser como sonhamos.

    Curtir

    1. Concordo contigo! A responsabilidade pelo Brasil melhor é de cada um de nós e precisamos mudar primeiro quem somos pra mudar as estruturas!

      Nossa esperança é sermos agentes de transformação de Deus!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Cara, que texto! Parabéns! Ele me representa muito na expectativa de que somos, em Cristo, a esperança da glória e por que não dizer a esperança do Brasil? Isso tem acontecido em pequena escala, como em Águas Claras, por meio do Movimento Céu na Terra. O que falta pra acontecer aqui?

    Curtir

Vem com a brasileiragem, comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.