sobre

O Cristão Tupiniquim nasceu de reflexões. Isso quer dizer muita coisa! Nosso espaço não tem a pretensão de oferecer respostas. Caminhando num sentido oposto, nossa proposta é levantar perguntas. Nesse sentido, nada mais é do que um descortinar dos nossos corações que lutam para servir a Cristo em nosso próprio país.

Acreditamos profundamente que a vida cristã se faz na concretude. A despeito de todas as questões abstratas que ocupam as discussões teóricas, cremos que se esse edifício conceitual não se manifestar em práticas tangíveis, é vazio. É apenas um sino que faz barulho, mas que não passa de som.

Sob essa verdade, cremos que viver a fé no Brasil é um desafio que precisa ser pensado por brasileiros. Somos nós, os conhecedores de cada nuance de nossa cultura os responsáveis por compreendê-la para traduzir a vida de Jesus nela.

Nossa fé no Brasil assume, portanto, pelo menos duas perspectivas que trazem consigo suas implicações.

Primeiro, colocaremos nossos corações e mentes a serviço da igreja cristã brasileira para pensar a fé no Brasil. Como essa assume as especificações desse lado do atlântico. Ou seja, como vivemos, incorporamos e manifestamos a fé no nosso cotidiano.

Porém, para além disso, a fé no Brasil também se dá em meio a uma profunda esperança. Cremos que o Reino de Deus há de se levantar de maneira impactante e transformadora também aqui. Nosso Deus já se provou poderoso o suficiente para resgatar uma nação das terríveis consequências do pecado para um cenário onde justiça, equidade, prosperidade, saúde e bem-estar apareçam manifestos. Nós ainda acreditamos no Brasil!

Convidamos vocês, caros leitores, a dialogar conosco. Como já dito, não temos as respostas. Mas nós juntos promovendo a horizontalidade do Reino de Deus podemos caminhar para uma nação na qual Jesus seja cada vez mais visto.

Nos damos a vocês na intenção de também tê-los para nós. Assim, juntos, vivermos essa fé antes de qualquer coisa no Deus triúno e, consequentemente, a fé no Brasil.